Sobre Cancelamento Bolsa Família

Sobre Cancelamento Bolsa Família

Você sabia que o cancelamento Bolsa Família pode ocorrer por diversos motivos?

Advertisement

Sendo assim, se você perdeu o benefício e deseja recupera-lo ou tem receio de que isso aconteça, então compreender o porquê dessa suspensão é fundamental.

Isso porque, para muita gente o auxílio mensal é a única fonte de renda.

Logo, se ele for cancelado, o grupo familiar passará por muitas necessidades.

Veja o que vamos ver nesse artigo:

Advertisement

Portanto, nesse post vamos mostrar alguns dos motivos mais comuns de cancelamento Bolsa Família, bem como de que maneira recuperar o benefício depois que isso acontecer.

Principais motivos de cancelamento Bolsa Família

Dificilmente um benefício é cancelado de uma hora para a outra sem qualquer motivo.

Assim, se houve um cancelamento, provavelmente houve alguma alteração no grupo familiar ou até mesmo erro por parte do responsável familiar (RF).

E, entre os motivos mais comuns que desencadeiam esse tipo de situação estão:

Grupo familiar tem renda superior à declarada

Primeiramente, um dos principais motivos para ocorrer o cancelamento Bolsa Família é quando a renda do grupo familiar é superior a declarada.

Sendo assim, o Governo Federal constantemente realiza pentes finos através do cruzamento de bancos de dados.

Advertisement

Assim, é por meio desse tipo de triagem que ele consegue saber quando a família está mentindo em relação a própria renda. A suspensão pode ocorrer dependendo da modalidade do programa, mas, geralmente afeta quem tem uma mensal superior a R$440,00 por pessoa.

Lembrando que, na última vez em que uma situação como essa ocorreu, os maiores afetados foram os beneficiados pertencentes às regiões Sul e Sudeste do país.

Não sacar o valor do benefício

Vale lembrar, que esse é mais um dos motivos que pode gerar o cancelamento Bolsa Família é a falta de saque do valor.

Isso porque, o prazo máximo para sacar os valores é de 90 dias.

Geralmente, o Governo cancela automaticamente o benefício quando não há movimentação na conta do benefício por mais de 6 meses.

Por isso, se o objetivo é guardar o dinheiro como um fundo de emergência ou até mesmo para alguma meta em específico, o ideal é retirar o dinheiro da conta do Bolsa Família e colocar em outra.

Cadastro desatualizado

Um dos principais móvitos para ocorrer o cancelamento Bolsa Família é o cadastro desatualizado. Muitos beneficiários não sabem ou esquecem que o Governo Federal promover periodicamente a atualização cadastral Bolsa Família.

Ele geralmente ocorre a cada dois meses. E durante essa etapa, o RF precisa ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)  da região para atualizar informações como: quantidade de membros no grupo familiar, endereço, telefone para contato, entre outras.

A atualização cadastral é sempre avisada através do extrato do Bolsa Família. Nele, é possível saber exatamente o prazo que a pessoa tem para ir até o CRAS e fazer o recadastramento.

Informações incorretas

Um simples erro nas informações fornecidas durante o cadastro ou atualização do benefício Bolsa Família pode fazer com que o auxílio seja cancelado.

Por conta disso que é muito importante que o RF verifique as informações cadastradas no CadÚnico e veja se elas estão corretas. Além disso, qualquer mudança na condição da família precisa ser informada.

Entre as alterações que devem ser informadas ao Governo estão:

  • Jovens que atingem a maioridade;
  • Mulheres gestantes;
  • Mudança de escola;
  • Mudança de endereço;
  • Falecimento de membros;
  • Nascimento de membros entre outras;
  • Falta de frequência escolar.

Uma das obrigações para receber o Bolsa Família é que todas as crianças e jovens com menos de 18 anos de idade estejam frequentando a Escola. A frequência obrigatória varia conforme a idade, mas, de qualquer modo, se ela está abaixo do mínimo exigido também pode ocorrer o cancelamento do auxílio.

Por conta disso é tão importante garantir que os jovens e crianças mantenham a frequência.

Essas são algumas das situações que podem gerar o cancelamento Bolsa Família. Por conta disso, é importante sempre ficar atento às convocações e mudanças no programa.

Como recuperar o benefício?

Você já teve o cancelamento Bolsa Família feito? Calma, é possível reverter essa situação. A primeira coisa que você precisará fazer é ir até o CRAS ou Prefeitura da sua região.

No local você poderá verificar suas informações no Cadastro Único. Ao ir até o local é importante levar seus documentos pessoais, são eles:

  • RG;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de residência.

Importante, apenas o RF do grupo familiar poderá fazer isso. Além dos documentos pessoais, o responsável também terá que levar a documentação de todos os membros da família.

No caso dos adolescentes e das crianças, é necessário levar, além da certidão de nascimento, a vacinação e a declaração escolar. No local você conseguirá saber o motivo do cancelamento e também terá as orientações para reverter a situação.

Agora que você sabe os principais motivos que levam ao cancelamento Bolsa Família, não deixe de tomar os devidos cuidados. E sempre em caso de dúvida sobre o benefício, consulte o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

Veja também...

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade